Imposto de Renda

Anualmente é necessário enviar sua Declaração de Imposto de Renda Pessoa Física ao Leão. Confie essa tarefa aos nossos profissionais qualificados e com experiência, os quais irão analisar a maneira mais vantajosa e correta de elabora-la e transmiti-la.

- Declaração de Imposto de Renda Pessoa Física;

- Cálculo de Ganho de Capital;

- Orientações para Imposto de Renda.

IMPOSTO DE RENDA PESSOA FÍSICA 2021 – IRPF 2021

PRAZO DE ENTREGA: 01 de Março 2021 até 30 de Abril 2021

PROCURE-NOS

IRPF – Consulta Restituição da Declaração de Imposto de Renda Pessoa Física

________________________________________________________________

Quem é obrigado a fazer essa declaração:

Renda
- recebeu rendimentos tributáveis , sujeitos ao ajuste na declaração, cuja soma anual foi superior a R$ 28.559,70;
- recebeu rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte, cuja soma foi superior a R$ 40.000,00.

Ganho de capital e operações em bolsa de valores
- obteve, em qualquer mês, ganho de capital na alienação de bens ou direitos, sujeito à incidência do imposto, ou realizou operações em bolsas de valores, de mercadorias, de futuros e assemelhadas;
- optou pela isenção do imposto sobre a renda incidente sobre o ganho de capital auferido na venda de imóveis residenciais, cujo produto da venda seja destinado à aplicação na aquisição de imóveis residenciais localizados no País, no prazo de 180 (cento e oitenta) dias contados da celebração do contrato de venda, nos termos do art. 39 da Lei nº 11.196, de 21 de novembro de 2005.

Atividade rural
- obteve receita bruta anual em valor superior a R$ 142.798,50;
- pretenda compensar, no ano-calendário de 2020 ou posteriores, prejuízos de anos-calendário anteriores ou do próprio ano-calendário de 2020.

Bens e direitos
- teve a posse ou a propriedade, em 31 de dezembro de 2020, de bens ou direitos, inclusive terra nua, de valor total superior a R$ 300.000,00.

Condição de residente no Brasil
- passou à condição de residente no Brasil em qualquer mês e nessa condição se encontrava em 31 de dezembro de 2020.

NOVIDADES PARA 2021

Auxílio Emergencial e Outros Rendimentos Tributáveis

O contribuinte que recebeu auxílio emergencial em 2020 e outros rendimentos tributáveis acima de R$ 22.847,76, além da obrigatoriedade da entrega, deverá devolver o valor do benefício recebido, por ele ou por seus dependentes, através de DARF gerado pelo próprio programa.